28 maio 2009

EXPOSIÇÃO VIK MUNIZ NO MASP EM SP

AUTO-RETRATO DE VIK MUNIZ FEITO COM PAPÉIS PICADOS
RETRATO DE ELIZABETH TAYLOR MONTADO COM PEQUENOS DIAMANTES
DUPLA DE MONALISA FEITA COM GELÉIA E PASTA DE AMENDOÍM
IMAGEM DA SÉRIE "PICTURES OF GARBAGE" FEITA COM SUCATA DE LIXO
REPRODUÇÃO DO QUADRO "JARDIM DAS DELÍCIAS" DE BOSH FEITO COM QUEBRA-CABEÇA
OBRA COMPOSTA POR DIVERSOS SOLDADINHOS DE CHUMBO
RETRATO DE CRIANÇA CARIBENHA FEITA COM AÇÚCAR
MAPA DAS AMÉRICAS MONTADO COM SUCATA DE COMPUTADOR
MEDUSA DE MACARRÃO E MOLHO MARINA
Fotos: reprodução
A mostra do artista plástico e fotógrafo Vik Muniz, chega em São Paulo, após temporada de sucesso nos Estados Unidos, Canadá, México e Rio de Janeiro.
Vik Muniz é um dos artistas plásticos vivos com maior visibilidade internacional, foi convidado pelo MOMA de Nova York para curar a mostra Artist’s Choice entre dezembro de 2008 e fevereiro deste ano, é apontado por diversos críticos como um dos artistas mais produtivos de sua geração e produz obras feitas a partir de materiais como açúcar, sucata, geléia e brinquedos de plásticos, dentre outros.
São 131 fotografias de dimensões variadas de trabalhos realizados por Muniz a partir de diferentes técnicas e materiais inusitados, além de vídeos de making of realizados pelo fotógrafo Fabio Ghivelder, que mostra todo o processo criativo de algumas séries do artista.
Entre as obras que mais chamam à atenção do público estão a reprodução de Mona Lisa feita com pasta de amendoim, o retrato de Elizabeth Taylor montado com centenas de pequenos diamantes e a Medusa de macarrão e molho marinara. Segundo o artista, a relação do material usado com o tema retratado é proposital.
Nascido em São Paulo, Vik Muniz, de 47 anos, está radicado há 25 anos em Nova Iorque. Filho de um garçom e uma telefonista, o artista chegou aos Estados Unidos depois de apartar uma briga e ser atingido na perna por um tiro. O autor do disparo era a vítima que Muniz defendia e, como recompensa, o homem ofereceu-lhe uma boa quantidade de dinheiro que financiou sua viagem a Chicago, em 1983.
Seu trabalho começou a ganhar destaque há 14 anos, quando um crítico do jornal "New York Times" viu um trabalho seu em uma galeria de arte e fez uma resenha. A crítica rendeu-lhe o convite para uma mostra no MoMA. No início da carreira, Muniz se dedicava à escultura, mas, em meados dos anos 90, ele percebeu que ao documentá-las através de fotos conseguia resultados melhores que pretendia.
Atualmente, suas obras estão nos principais museus e galerias de arte do mundo, como o Tate Modern, em Londres, o Getty Institute, em Los Angeles, e o MAM de São Paulo. Vik Muniz é o único brasileiro vivo a figurar no livro “501 Great Artists: A Comprehensive Guide to the Giants of the Art World”. O outro artista nacional citado na lista é o carioca Hélio Oticica, falecido em março de 1980.

Até 12 de julho de 2009
MASP - Av. Paulista, 1.578, São Paulo
De terça a domingo e feriados, das 11h às 18h; quinta até 20h.
A bilheteria fecha uma hora antes. (11) 3251-5644
Ingresso: R$ 15 (inteira) e R$ 7 (estudante), gratuito às terças e diariamente para menores de 10 anos e maiores de 60 anos

Fotos: reprodução

10 comentários:

  1. Eu adoro o trabalho desse cara.

    bj

    ResponderExcluir
  2. oi janeisa! o trabalho do vik é ótimo! e nada como uma bela expo p/conferir! ontem, fui no YSL - está lá no blog - e é imperdível! bjs, querida!

    ResponderExcluir
  3. não acredito que vou perder essa!!!
    Trabalho maravilhoso!
    Espero poder ver um dia por aqui .
    bjusss

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que vai até dia 12 de Julho, pretendo ir.
    Bjobjo

    ResponderExcluir
  5. amei as fotos, alias sou apaixonada por fotografia!! que pena que nao moro em sao paulo!!

    bjos Fabi!!

    ResponderExcluir
  6. Eu estou louca pra ir! É muito criativo o trabalho dele! Preciso ver ao vivo!

    ResponderExcluir
  7. Fascinantes as obras!
    Adorei o blog! Já virei seguidora!
    Venha me visitar tb:
    http://coisasdamauraa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Que máximo! Uma amiga trouxe um folder dele pra mim. Pena que não pude ver... Bj!!!

    ResponderExcluir
  9. Vivo em Portugal e acabo de ver uma entrevista do tal artista plástico VIK MUNIZ no programa VIDEO SHOW,em que ele solta a seguinte pérola: “os catadores de lixo podiam estar se prostituindo ou metidos no tráfico e no entanto estão aqui trabalhando e blá,blá,blá….”
    sou trabalhador do sexo,prostituto,garoto de programa,puta ou seja lá como queiram chamar e me senti profundamente ofendido com tal declaração.Não me sinto menos digno do que um catador de lixo por ter escolhido a prostituição como profissão, acho lamentável que uma pessoa que tenha acesso a mídia tenha uma opinião tão preconceituosa e até mesmo ofensiva para com respeito a imensa gente de BEM que optou por outro caminho que não “catar lixo”.
    Não me sinto menos digno que um catador de lixo ou qualquer outro genero de profissão descriminada pela sociedade, acho que o tal artista plástico deveria rever seus valores e preconceitos antes de ir a televisão desmerecer algum grupo de profissionais,ou si na opinião dele não formos profissionais, que nos respeite pela nossa opção de vida como cidadãos de bem e não nos compare as pessoas que estão metidas no tráfico.
    Penso em levar as declarações as entidades ligadas aos direitos e defesa dos trabalhadores do sexo, afim de pedir uma retratação do tal “artista plástico”.

    ResponderExcluir
  10. Eu Thalia e sara ,a gente viu estas obras já em uma novela das 8 agente, gostou muito e hoje estamos apresiando outras obras

    ResponderExcluir

Gostou? Então, comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover